Categoria: Notícias

Dor crônica

Reflexões sobre a intervenção psicológica ambulatorial junto a pessoas portadoras de dor crônica.

Definição e sintomas:
A fibromialgia (FM) é uma síndrome crônica caracterizada por queixas dolorosas músculo-esqueléticas difusas e pela presença de pontos dolorosos em regiões anatomicamente bem determinadas. Anteriormente denominada fibrosite, a fibromialgia não tomar viagra riesgos era considerada entidade clinicamente bem definida até a década de 70, quando foram publicados os primeiros relatos sobre os distúrbios do sono. Outros achados freqüentes são os estados depressivos, ansiedade, sintomas compatíveis com síndrome do pânico, fadiga (em especial pela manhã), déficit de memória, desatenção, obstipação ou diarréia (sintomas compatíveis com síndrome do cólon irritável), distúrbios funcionais da articulação temporo-mandibular (ATM) secundários ao bruxismo, boca seca, cefaléia tencional ou enxaqueca. O perfil psicológico dos pacientes está associado ao perfeccionismo, à autocrítica severa, à busca obsessiva do detalhe.

Dados epidemiológicos sobre a prevalencia da fibromialgia:
Com base em pesquisas internacionais, a freqüência da fibromialgia é de 1,0% a 5,0% da população em geral. Nos serviços de Clínica Médica, essa freqüência é em torno de 5,0% e nos pacientes hospitalizados, 7,5%. Na clínica reumatológica, por sua vez, essa síndrome é detectada entre 14% dos atendimentos. No Brasil, alguns trabalhos falam a favor de uma prevalência em torno de 10% e salientam a influencia de fatores sócio-econômicos.
A fibromialgia é mais freqüente no sexo feminino, que https://www.viagrasansordonnancefr.com/ https://www.acheterviagrafr24.com/acheter-viagra-sans-ordonnance/ corresponde a 80% dos casos. Em média, a idade do seu início varia entre 29 e 37 anos, sendo a idade de seu diagnóstico entre 34 e 57 anos. Os sintomas de dor, fadiga e distúrbios do sono tendem a instalar-se lentamente na vida adulta, no entanto 25% dos casos referem apresentar estes sintomas desde a infância. ¹

Diagnósico
Em 1990, o Colégio Americano de Reumatologia (ACR) definiu como critérios diagnósticos a persistência de queixas dolorosas difusas por um período maior do que três meses e a presença de dor em pelo menos 11 de 18 pontos anatomicamente padronizados.
Considerou-se positivo um ponto quando era referido desconforto doloroso no local, após digitopressão com intensidade de força equivalente a 4kg/cm² com o uso de dolorímetro. O https://www.acheterviagrafr24.com/viagra-ordonnance/ diagnóstico fica bem definido com a positividade de 11 a 18 pontos chamados “tender points” (9 pontos de referência anatômica considerados bilateralmente). São eles: inserção dos músculos occipitais, coluna cervical baixa
O diagnóstico desta síndrome é eminentemente clínico, não havendo alterações laboratoriais específicas. O substrato neurológico funcional desta amplificação dolorosa está relacionado a um desequilíbrio entre mediadores do SNC. Sabe-se que há uma redução relativa da atividade serotonérgica (analgésica), bem como uma hiper produção de substância P (mediadora da dor).

As pessoas nunca esquecerão o modo pelo qual você as faz se sentir.

As pessoas nunca esquecerão o modo pelo qual você as fez se sentir…

Quando eu ainda era um menino, ocasionalmente, minha mãe gostava de fazer um lanche, tipo café da manhã, na hora do jantar. E eu me lembro especialmente de uma noite, quando ela fez um lanche desses, depois de um dia de trabalho, muito duro.
Naquela noite longínqua, minha mãe pôs um prato de ovos, linguiça e torradas bastante queimadas, defronte ao meu pai. Eu me lembro de ter https://www.viagrasansordonnancefr.com/ esperado um pouco, para ver se alguém notava o fato. Tudo o que meu pai fez, foi pegar a sua torrada, sorrir para minha mãe e me perguntar como tinha sido o meu dia, na escola.
Eu não me lembro do que respondi, mas me lembro de ter olhado para ele lambuzando a torrada com manteiga e geléia e engolindo cada bocado.
Quando eu deixei a mesa naquela noite, ouvi minha mãe se desculpando por haver queimado a torrada. E eu nunca esquecerei o que ele disse:
” – Baby, eu adoro torrada queimada…”
Mais tarde, naquela noite, quando fui dar um beijo de boa noite em meu pai, eu lhe perguntei se ele tinha realmente gostado da torrada queimada. Ele me envolveu em seus braços e me disse:
” – Companheiro, sua mãe teve hoje, um dia de trabalho muito pesado e estava realmente cansada… Além disso, uma torrada queimada não faz mal a ninguém. A vida é cheia de imperfeições e as pessoas não são perfeitas. E eu também não sou um melhor empregado, ou cozinheiro!”
O que tenho aprendido através dos anos é que saber aceitar as falhas alheias, escolhendo relevar as diferenças entre uns e outros, é uma das chaves mais importantes para criar relacionamentos saudáveis e duradouros.
Essa é a minha oração para você, hoje. Que possa aprender a levar o bem, o mal, as partes feias de sua vida colocando-as aos pés do Espírito. Porque afinal, ele é o único que order levitra generic poderá lhe dar uma relação na qual uma torrada queimada não seja um evento destruidor.”
De fato, poderíamos estender esta lição para qualquer tipo de relacionamento: entre cialis generique marido e mulher, pais e filhos – e com amigos.
Não ponha a chave de sua felicidade no bolso de outra pessoa, mas no seu próprio. Veja pelos olhos de Deus e sinta pelo coração dele; você apreciará o calor de cada alma, incluindo a sua.
As pessoas sempre se esquecerão do que você lhes fez, ou do que lhes disse. Mas nunca esquecerão o modo pelo qual você as fez se sentir…

O que é cuidado paliativo

Cuidado paliativo é a abordagem que promove qualidade de viagra femme https://www.viagrasansordonnancefr.com/ france video vida  viagra ou autre de pacientes e

seus familiares diante de doenças que ameaçam a continuidade da vida, através de prevenção e tratamento impecável https://www.acheterviagrafr24.com/viagra-pfizer/ da dor e outros problemas de natureza física, psicossocial e https://www.acheterviagrafr24.com/viagra-feminin-avis-active/ espiritual (OMS 2002).

 

 

Depressão pós férias…

Depressão pós-férias atinge 23% dos brasileiros; conheça os sintomas e saiba como combatê-la

Ana Alice Vercesi
Do where to buy levitra online UOL, em São Paulo 

 

Depressão pós-férias atinge 23% dos brasileiros, diz pesquisa do Isma

Trocar os chinelos pela gravata, roupas sociais e se reinserir em uma rotina na segunda-feira costuma gerar um mal-estar passageiro depois de um período maior de descanso. “Quando as pessoas começam a ter um código para vestir, um horário para levantar ou almoçar, é normal ressentir isso em um primeiro momento”, afirma Ana Maria Rossi, presidente da Isma Brasil (International Stress Management Association no Brasil), associação voltada para a pesquisa e prevenção do estresse.

Sete   dicas para diminuir o mal-estar após as férias*1.

Identifique   se o motivo de tanto viagrasansordonnancefr.com desânimo é causado por seu emprego atual. Se for, é hora   de procurar outro. Do contrário, pedir demissão não resolverá, pois o problema   irá com http://www.cialispharmaciefr24.com/cialis-explication/ você.2. Tente compensar a falta de motivação com um “hobby” ou um   trabalho voluntário.

3. Não viva em função do trabalho. Reserve uma parte do seu dia para   outras atividades. Ter uma rotina mais prazerosa, cercar-se de pessoas   queridas e atividades físicas ajudam.

4. Planeje as férias para evitar a angústia viagra hombres da volta, e isso engloba   tanto o roteiro do descanso como os afazeres no trabalho.

5. Certifique-se de que você está saindo do escritório com tudo   planejado, tarefas delegadas e problemas resolvidos. Com isso, viagra sans ordonnance você sai mais   tranquilo. E desligue-se do trabalho durante o seu recesso.

6. Organize a volta das férias. Quem tem filhos precisa reservar um   período para lidar com a preparação da volta às aulas das crianças (como   comprar material escolar e uniforme).

7. Retorne da viagem pelo menos 72 horas antes de retomar a rotina, se   você tem filhos. Se não tem, 48 horas são suficientes. Se tentar aproveitar   até o último minuto, acabará sofrendo com trânsito, filas e pouco tempo para   organizar seu retorno ao trabalho, agravando a ansiedade.

* Com consultoria da psicóloga Ana Maria Rossi

O problema, explica a psicóloga, é quando essa tristeza passa de uma simples readaptação e dura mais de 14 dias, geralmente acompanhada de outros sintomas, como dores musculares e de cabeça, angústia, ansiedade e tadalafil duree distúrbios do sono. A falta de motivação para levantar da cama é um forte indício.

Mal comum

Segundo pesquisa http://www.cialisgeneriquefr24.com/tadalafil-duree/ divulgada pelo Isma no último ano, a depressão pós-férias é compartilhada por cerca de 23% dos brasileiros. Em 93% desses casos, a falta de motivação no trabalho é apontada como a principal causa, seja por falta de perspectiva, ambiente inseguro ou conflitos de relacionamentos. “É importante perceber que a depressão é produto da insatisfação nos outros meses e não consequência das férias”, diz Ana Maria. “A pessoa sofre mais com isso depois de um período em que ela tem maior controle sobre sua vida.”

A depressão pós-férias, segundo a psicóloga, costuma ser passageira. Caso os sintomas persistam por mais de 30 dias, é importante buscar ajuda de um especialista para verificar outros problemas que podem influenciar no sofrimento.

O mal-estar prolongado revela um problema de concentração e estresse – muitas incompreendido pelos superiores, já que acabou de

voltar de férias – sugere a quem analisa à  distância falta de compromentimento no trabaho.

Seminário – Psicanálise com Crianças

O seminário irá focar os aspectos da clínica psicanalítica direcionada à Psicanálise com crianças. O Professor Joseph Knobel Freud destaca neste seminário que as expressões infantis são variadas, e que

não existe uma maneira exata de interpretá-las, contudo, é necessário aprender os elementos que norteiam o vocabulário cotidiano da criança. Irá destacar também, a importância do trabalho com os pais, a interpretação dos sonhos, as brincadeiras, entre outros aspectos. Joseph Knobel Freud ressalta no evento, a importância de atualizar os conceitos para que se tornem instrumentos adequados no atendimento às crianças na clínica psicanalítica. O 1º Seminário Clínico Internacional integra uma série de eventos cialis pas cher en belgique em 2012, antecipando os debates do 3º Congresso Brasileiro de Ludodiagnóstico de 2013. O Seminário é um evento promovido pela EPPA em parceria com a https://www.acheterviagrafr24.com/a-quoi-sert-le-viagra/ UNICSUL.

Destina-se a Psicólogos, Psicanalistas, alunos e profissionais interessados na Clínica Psicanalítica com Crianças

Dor crônica

Reflexões sobre a intervenção psicológica ambulatorial junto a pessoas portadoras de dor crônica. Definição e sintomas: …

As pessoas nunca esquecerão o modo pelo qual você as faz se sentir.

As pessoas nunca esquecerão o modo pelo qual você as fez se sentir… Quando eu ainda era um menino, ocasionalmente, …

O que é cuidado paliativo

Cuidado paliativo é a abordagem que promove qualidade de viagra femme https://www.viagrasansordonnancefr.com/ france video …